Como Constantino criou a Igreja Católica

O vídeo “Como Constantino, Imperador Romano, criou o Império Bizantino e a Igreja Católica Apostólica Romana!” apresenta informações sobre o Imperador Romano Constantino I. Constantino nasceu na Sérvia em...

O vídeo “Como Constantino, Imperador Romano, criou o Império Bizantino e a Igreja Católica Apostólica Romana!” apresenta informações sobre o Imperador Romano Constantino I. Constantino nasceu na Sérvia em 272 d.C. e cresceu na corte imperial. Ele danificou o Império Romano ao dividi-lo, mas também criou uma sociedade justa e organizada. Constantino é destacado como uma das figuras mais influentes da história mundial por sua construção de Constantinopla, que se tornou a capital do Império Bizantino. O vídeo também se concentra na conversão de Constantino ao cristianismo, o que levou ao símbolo ser associado à Igreja Católica. O apresentador discute a intolerância de Constantino em relação às religiões e práticas não cristãs, mas o vídeo destaca seu impacto no Império Romano e na eventual ascensão do Império Bizantino. O vídeo termina de forma triste, com o fracasso dos sucessores de Constantino levando ao declínio do império.

Logo no início, é apresentado informações sobre a vida e o impacto de Constantino I, um dos maiores imperadores romanos. Constantino nasceu na Sérvia em 272 d.C. e cresceu na corte imperial, servindo como um oficial de alto escalão sob Diocleciano. Mais tarde, ele lutou na defesa de Roma e criou uma sociedade justa e organizada, mesmo que isso significasse dividir o império. Uma de suas maiores realizações foi a construção de Constantinopla, que se tornou a capital do Império Bizantino, desempenhando também um papel importante na propagação do cristianismo pelo mundo. Apesar de não ser o fundador literal do Império Bizantino, Constantino é destacado como uma das figuras mais influentes da história mundial.

Num segundo momento, se fala sobre a conversão do Imperador Constantino ao cristianismo e o impacto que teve no Império Romano e na formação da Igreja Católica. O apresentador explica como a decisão de Constantino de adotar o cristianismo foi recebida com ceticismo, mas ele permaneceu firme em sua escolha, enfrentando até perseguições. Ele também destaca a importância da localização de Constantinopla, escolhida para ser a nova capital do Império devido à sua localização estratégica e porto. A cidade foi reconstruída com uma mistura de arquitetura clássica e cristã, sendo dedicada a Constantino em 330 d.C.

Por fim, se discute a história e a origem do Império Bizantino. Ele explica como a fundação da cidade bizantina na Grécia, mil anos após sua criação, não era mais a capital do Império Romano, mas uma fusão da cultura grega e romana. Constantino, o Imperador Romano, adotou um símbolo do legado de Cristo, o que levou a associação desse símbolo com a Igreja Católica. O apresentador discute como a intolerância de Constantino em relação às religiões e práticas não cristãs tinha limites, e embora ele permitisse algumas práticas, impôs leis rigorosas contra imoralidade e prostituição. Destaca o impacto de Constantino no Império Romano e na eventual ascensão do Império Bizantino sob sua orientação, seguido por sua morte e o fracasso de seus sucessores, levando ao declínio eventual do império.

Categorias
HISTÓRIA : CristãVÍDEOS
Nenhum comentário ainda

Deixe uma resposta:

*

*

RELACIONADOS:

Translate »