Aviões cada mais tecnológicos para o fim do mundo. PAK FA vs Raptor: que caça é mais potente e eficaz?

Antes de mais o colunista presta atenção às “capacidades brilhantes” dos dois potenciais rivais: ambos os caças são equipados com os motores mais recentes, que permitem superar a barreira do som sem utilizar pós-combustão.

O teto de serviço dos caças é aproximadamente de 20 mil metros (2 mil metros mais do que o do F-35).

Mas o estudo das especificações do motor aponta para a supremacia do Sukhoi PAK FA T-50. O caça russo vai ser equipado com um “coração” turboreativo com controle do vetor de propulsão em três eixos. O Raptor não se pode gabar desta vantagem: ele só permite alterar o vetor de propulsão na vertical.

Segundo Roblin, os mísseis guiados de curto alcance P-73  que equipam o caça T-50 podem se tornar uma grande surpresa para o F-22. Entretanto, o avião norte-americano vai receber armas semelhantes só em 2017 e o sistema de orientação semelhante ao russo vai ser criado só em 2020.

Os mísseis P-77 de médio alcance do PAK FA também superam os análogos norte-americanos, mas as suspensões internas do T-50 podem carregar menos mísseis.

O PAK FA é equipado com um sistema de deteção de alvos a infravermelhos. O F-22 vai receber tal sistema só em 2020.

A grande desvantagem do PAK FA segundo o colunista é o grande coeficiente da secção transversal de radar: o T-50 é muito mais visível do que o análogo norte-americano.

Extraído de: https://br.sputniknews.com/

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Translate »